Calma produtor, não vem tempo ruim por aí! Separamos aqui um panorama geral do setor de eventos para que você possa ficar tranquilo e não passar nem perto da crise. Nós da SafeTicket estamos 100% antenados nas novidades e estamos prontos para te ajudar a fazer sucesso. Então, vamos fazer sucesso juntos? Se liga nesse post incrível!

A crise que atinge nosso país desde os idos de 2008 não deve ser nenhuma novidade para quem está em contato frequente com a economia e o mercado de trabalho. Diariamente escutamos notícias do alto índice de desemprego e da luta para recuperar o crescimento da economia, porém estranhamente, a crise não parece ter atingido o mercado de eventos. Segundo a pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), o segmento cresceu 14%, um índice altíssimo para qualquer segmento empresarial, ainda mais em países em crise. Mas o que explica esse crescimento tão grande do setor de eventos brasileiro? E como você inovar e acompanhar esse crescimento da melhor maneira? A gente te ajuda!


·         DIVERSIDADE DO SETOR

Um dos principais fatores que garantem ao setor de eventos esse crescimento alto em tempos de crise é a sua diversidade, que é uma característica dele mesmo em tempos de normalidade do mercado. Existem os setores de festas de casamento, eventos corporativos, festas de aniversário, entre outros. Todas essas formas diferentes de eventos atraem públicos alvos muito distintos em tempos muito distintos, ou seja: sempre tem evento para você organizar. Como essa diversidade já é uma característica cerne do setor, ele não teve dificuldades em enfrentar a crise, sua diversificação promove recursos de áreas diversas que podem estar em melhor momento em detrimento de outras. E se você estiver cansado de organizar os mesmos eventos, pode ir sem medo dar aquela virada de chave, o mercado pede por isso. Você pode organizar casamentos, shows de rock e workshops de negócios se quiser!


·         MUDANÇAS NAS NECESSIDADES DOS CLIENTES

Com o período de crise atingindo a todos os níveis da sociedade, o setor de eventos trouxe uma nova maneira de planejar e executar os eventos que eram solicitados. Essa nova maneira trabalha com um lema, “menos é mais”! Todas as decorações vêm sendo feitas com um estilo mais “clean”, sinal de modernidade, e essa forma de planejar eventos também diminui os gastos com eles. Além disso, a primeira variável que mudou no mundo dos eventos foram o número de convidados. Eventos que antes eram gigantes, agora se transformaram em recepções mais seletivas e pessoais, com um número reduzido de convidados. Mas calma, isso não significa ganhar menos: significa que seus públicos agora são mais seletos e se eles comparecem ao seu evento é porquê eles estão definitivamente interessados! Aproveite essa oportunidade para fideliza-los e tornar a experiência ainda melhor. 


·         MAIOR CONTROLE NA GESTÃO

No Brasil, todos os setores do mercado sofrem com altos índices de burocracia envolvidos na gestão de qualquer empreendimento. O setor de eventos aprendeu a lidar com essa burocracia de maneira inteligente, mesmo antes da crise: esse controle de gestão se dá em grande parte com a centralização dos dados, que facilita muito todo o planejamento dos eventos em geral. Isso se deu em grande parte graças ao desenvolvimento da tecnologia e principalmente, do pensamento dos produtores que, como você, querem e precisam do melhor para o seu evento. 

Hoje, existem softwares que permitem uma coleta de dados mais simples, facilitando o controle de número de convidados, gastos, infraestrutura e muito mais, diminuindo o tempo gasto com o planejamento. A gestão centralizada permite ainda um maior controle sobre a maneira como o capital disponível está sendo investido no evento, fazendo com que gastos excessivos sejam reconhecidos com velocidade. Essa combinação de menor tempo de planejamento e percepção de gastos, permite que os organizadores economizem ainda mais em capital, tanto material quanto humano.


 INDEPENDÊNCIA DA SAZONALIDADE

Um dos grandes problemas das empresas de eventos até pouco tempo atrás era a alta dependência da sazonalidade para a realização de eventos. Isso fazia com que existissem períodos de reativa escassez de eventos, consequentemente, de renda. Pode comemorar produtor, isso acabou! Pode realizar evento no inverno, no verão, no outono e na primavera, sem medo. Seja criativo e aproveite toda e qualquer oportunidade para nomear suas edições e atrair o seu público (essa ideia das estações parece boa, porque não usá-la?). Hoje em dia, os eventos independem mais da sazonalidade, em grande parte por uma oferta de preços reduzidos fora de épocas de alta temporada. Isso fez com que as empresas de eventos conseguissem ocupar a agenda do ano, garantindo assim, uma renda mais estável no decorrer do ano.


Agora pode relaxar e já ir pensando no seu próximo evento porque você está bem longe de sentir o sufoco dessa nossa crise!